5 motivos para usar o protetor solar todos os dias

Existem desculpas comuns na hora de justificar o não uso do protetor solar e aposto que já deve ter ouvido alguma delas ou até mesmo falou: ”acordei atrasada”, ”estava nublado e pensei que não precisava”, ”não passei porque já tinha começado minha maquiagem”, ”não vou sair de casa, então hoje não precisa”. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o sol é o agente externo que mais faz bem e, ao mesmo tempo, mais pode provocar malefícios, à pele. Ele é responsável por desencadear a síntese de vitamina D pelo organismo, sendo ela essencial para a saúde dos ossos. Sem contar que ela traz benefícios no tratamento da psoríase, icterícia, entre outros problemas de pele. Além de ajudar no bem-estar físico e mental, melhorando a disposição e até o humor.

Apesar dos benefícios serem essenciais na nossa vida, a radiação solar é prejudicial ao nosso organismo. Seus efeitos são cumulativos e é preciso se cuidar desde cedo. Isso porque, os raios ultravioletas (responsáveis pelo aumento da melanina, que confere o bronzeado à pele) podem provocar desde inflamações simples a queimaduras. E, em casos mais graves, desencadear comportamentos anormais das células e mutações genéticas. Ou seja, para que você tenha todos os benefícios do sol sem nenhum risco, é preciso usar o protetor solar para bloquear seus malefícios. O que acontece se não usarmos o protetor solar? Vermelhidão ou queimadura de diversos graus, piora da acne, já que a exposição à radiação UV sem o uso do filtro solar é uma das causas da pele oleosa, envelhecimento precoce da pele, aparecimento de manchas, ressecamento, flacidez e rugas, maior propensão a desenvolver doenças dermatológicas e ­­câncer de pele.

Como proteger a pele do sol corretamente? 

  • Passe o filtro solar diariamente, reaplicando-o a cada três horas ou sempre que necessário (ao se molhar, suar excessivamente etc). Você pode encontrar várias opções na Droga Raia e pode pedir sem sair de casa e ainda usar um cupom de desconto para economizar.
  • Espalhe uma quantidade suficiente. Para isso, lembre-se da regra da colher de chá: espalhe uma colher de chá na cabeça e pescoço, uma em cada braço, duas em cada perna e duas na frente e duas atrás do tronco.
  • Não deixar de usar o filtro solar em dias nublados, pois os raios UV atravessam as nuvens e incidem normalmente na superfície da Terra;
  • Escolher produtos com fator de proteção solar (FPS) de, no mínimo, 30, com proteção contra as radiações UVA e UVB e registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa);
  • Evitar se expor ao sol das 10h às 16h, período em que os raios UV mais atingem a Terra, abrigando-se à sombra;
  • Nunca substituir o uso do protetor solar tópico e das barreiras físicas por um fotoprotetor oral — cujo ativos, posologia e tempo de uso devem ser prescritos por um dermatologista.

Vocês tem o hábito de usar o protetor solar diariamente? Compartilha com a gente!

6 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.